18 de abril de 2024

1 thought on “Acesso à saúde é mais difícil para pessoas LGBTQIA+ acima de 50 anos

  1. A questão é o amadurecimento sexual e aceitação da sexualidade pelos profissionais de saúde. Noutra ponta há uma velada blindagem ao médico ou terapeuta sentir atração ou até amor pelo paciente, pelos seus respectivos Conselhos de Classe, como uma formatação de se relacionar “somente” com colegas! Numa USG da safena fiquei em pé na maca e de cueca, poucas vezes, o aparelho “me avaliou” (sentir tocar as panturrilhas e coxas/atrás delas)! Depois o médico, gentleman, disse para eu buscar o laudo noutra Clínica (endereço novo) e me mostraria a Clínica! O laudo forneceu intermediado pela secretária e declinou de me mostrar a Clínica que havendo poucos pacientes, durante a tarde e horários espaçados, como cordialidade e amistosidade poderia ter sido “anfitrião”!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *