21 de julho de 2024

1 thought on “Entrevista com Padre Julio: o Papa disse que homossexualidade é pecado?

  1. Por mais que o exercício da Sexualidade seja um Direito da Pessoa Natural (Cidadão), mesmo nos Países como o Brasil que ele é “reconhecido” temos de certa forma uma Insegurança Jurídica em que um Promotor de SC, traz a cada anúncio de casamento coletivo homossexual: o que a Constituição Federal define como Casamento/Cônjuge! Quando a gente traz a nível de Bissexualidade, há a questão da monogamia, ou seja, uma das “necessidades sexuais”, digamos assim, ser “oficial”! E será um longo caminho para termos uma Sociedade, com pluralidade sexual, “consolidada”, enquanto isso, “acordos” entre os cônjuges para redesenhar ou redefinir o conjugal, terão que se tornarem habituais, para depois pela habitualidade, a Legislação ser atualizada, como funciona o Legislativo Inglês (principio legal do Costume)! Não criemos expectativas com a Igreja Católica que além dos Dogmas, tem o Direito Canônico que não sei se chegaria a ser milenar, mas secular, Sem dúvidas e na história recente tivemos dois Papas que deixaram seu legado: (São) João Paulo II, Progressista e para assim o ser, evitou ao máximo as polêmicas e Bento XVI, altamente Conservador e a tal ponto de apresentar Renúncia e “se isolando” nos últimos anos de sua vida!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *