21 de julho de 2024

8 thoughts on “Ellen Page assume homossexualidade

  1. Ela é linda por fora e por dentro, que discurso emocionante! Feliz da mulher que a tiver como o amor de sua vida.Uma mulher que parece ser tao sensível e tao inteligente não merecia mesmo ficar ao lado de um homem egocêntrico e babaca, e me perdoem, mas a maioria deles é assim.Sou gay mas a maioria dos homens deixa muito a desejar.

    1. Nossa, Rui, estou contigo e não abro! Sábias palavras rs. Você como gay e homem sabe como homens agem e pensam (principalmente os héteros) e entende que realmente nem toda mulher nasceu para ter que aguentar esse tipo de coisa. Felizes as bissexuais (por poder optar pelas mulheres quando desejável) e lésbicas!!!! Espero não ter se sentido ofendido, mas espero que vc encontre (ou já tenha encontrado) o homem da sua vida, alguém que seja exceção de tudo isso que mencionou. Porém acho que somente alguns homens gays/bi e algumas mulheres bi/ heteros terão o privilégio de encontrar os 2% que sabem valorizar outro ser humano e que sejam isentos de atitudes machistas e esse ego/falocentrismo desenfreado e imposto pela sociedade patriarcal, que chamam isso de “o ideal de homem masculino/ másculo/macho”.

  2. QUE LINDO o discurso dela!! E isso que ela falou serve também para outras minorias que sofrem bullying, tais como obesos, negros, pessoas fora dos padrões de beleza em geral , que são marginalizados e condenados à solidão, justamente porque as pessoas esquecem de seguir a esses valores que ela citou: parar de julgar e impor como devem agir pra serem aceitos e ser considerados “normais” e desejáveis.

    1. Sem contar que, essas pessoas preteridas e excluídas, quando se queixam desse abandono e perseguição, escutam aos seguintes clichês: “é mania de perseguição”, “você precisa se valorizar mais pra ser aceito” (mesmo sabendo que essas pessoas fazem DE TUDO para serem mais aceitas e mesmo assim continuam a ser discriminadas) ,”você que está fazendo algo de errado/ falta algo em ti”, “ninguém é obrigado a gostar de você”, e por aí vai, o que gera um processo de culpa por algo q não se fez e um sofrimento e angústia intermináveis. O caminho das minorias é sempre mais longo e mais árduo para ter reconhecimento e espaço no mundo, isso é fato. Pior quando tudo isso é feito em vão e culmina em desistência de muitos e suicídios para “cortar o mal pela raiz” de uma vez, e as pessoas fazem vistas grossas e como sempre, preferem criticar e chamar essas pessoas de “fracas”. Humilham, tocam nas ferida,s depois a pessoa que foi fraca porque se matou? Fraco é quem NECESSITA pisar no outro pra achar seu lugar no mundo e se afirmar, mas infelizmente, os valores estão invertidos. O egoísmo impera e só os espertos e mau caráter parecem ser recompensados levar a melhor. Que Deus tenha compaixão de todos nós, minorias, senão tudo estará perdido pra sempre 🙁 .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *