28 de fevereiro de 2024

57 thoughts on “Meu namorado é bissexual?

  1. Oh de boa! Já fiquei com dois gay, um na época que ficamos não era assumido, e o outro era gay mesmo e foi só de bagunça, mas confeço que fiquei bem envolvida, pois ele tinha uma pegada sabe?! Minhas amigas me diziam que ele fazia comigo tudo que gostava que fizessem com ele rs. Mas enfim, acho que só não rola se o cara for muito afeminado. Já disse que não tenho preconceito, amo os gays. Mas pra namorar ele pode até ser Bi, mas ele te que ser o cabra sem vergonha da história rs. Beijo Anônima =D

  2. Cara amiga. Depois de um tempo ausente, cá estou novamente.
    Pô, esse post foi pra mim ? rsrsrs…brincadeira.
    Mas vc sabe que esse é o meu drama né ? minha sina, meu pecado, minha culpa !
    Pra quem não sabe sou bissexual, porém há quase 3 anos não sinto mais nada por homens e estou firme no meu namoro com uma mulher, porém sinto muita culpa justamente por essa auto-crítica de que por ser bissexual, sou menos homem que os outros, e por isso, sou também menos merecedor do amor de uma mulher.
    Enfim…cada caso é um caso, mas certeza que mulheres como a Sassá são difíceis de encontrar. A maioria (99,99%) não aceitaria !

    Abraço,

    Sinner
    vida-ingrata.blogspot.com

    1. Estou em um relacionamento a 9 meses e descobri que meu namorado é bissexual, pois na hora do sexo tbm sou homem para ele.
      Ele me levou em uma casa de suing, ficamos la durante uma hora e fomos embora, não tive coragem de me relacionar com pessoas estranhas, porém, ele sempre me cobiça a ter relacionamento com mais um casal. Fico excitada, mas ainda não tive coragem para tanto.
      O que sinto é um enorme prazer de vê-lo se sentindo mulher para mim na hora do sexo. Gritos, gemidos, calor e suor…nossa!! Delicioso!! Já tive relação com uma mulher e não senti a mesma sensação. Eu sendo mulher, prefiro ser o homem de um homem e não ser homem de uma mulher. Estranho isso! Cada um tem seu fetiche este é o meu.

      1. Olá, Alessandra, obrigada pelo comentário.
        Muito interessante a sua questão. Acredito que muitas pessoas devem sentir o mesmo que você. O que vale é se sentir bem com esses desejos. O problema é que a maioria reprime o que sente, simplesmente por acreditar que aquilo não é normal. Mas, afinal, o que é normal, não é verdade?
        Não ache estranho, viva e aproveite para compartilhar os seus desejos com alguém que você ama.

        Acredito que tudo é válido, desde que não prejudique ninguém.
        Abraços!

      2. Bom, eu curto mulher e já fiz amor com minha namorada e adoro quando ela tá sentindo prazer comigo, nossss eu piro!!!! Gosto da sensação pele na pele, de dar prazer a ela, e adoro quando ela me toca,ambas situações são excitantes sei la!!Mas eu gosto de ser ativa com qualquer mulher q eu sinta tesão ou paixão, mas adoro ser tocada, elogiada, proteger e ser protegida etc por elas!! Eu nunca me relacionei sexualmente com um homem então n sei o q dizer a respeito disso. Só quis compartilhar contigo a minha sensasção q é diferente da sua, se não se ofender.

      3. Nooosa Alessandra, eu me identifiquei com seu relato, eu também me sinto assim. Eu ja tive um namorado que ele nao confessou para mim, mas todas as vezs que transavamos , eu queria trocar de papeis, no começo ele relutou um pouco, mas teve um dia em que bebemos muito e eu o seduzi como se ele fosse mulher e eu o homem, e ele se rendeu, foi a transa mais gostosa que tivemos, me senti realizada, ja terminamos a tempo , mas de vez em quando, nos encontramos e quando vamos transar , eue sempreo atiço para que deixe eu conduzir o lance, porem ele reluta muito, eu ja perguntei a ele o que ele sente, e ele diz que nao sente nada, apenas gosta de reaizar meus desejos, eu simplesmente nao acredito, acredito que ele tem o mesmo medo que nós de assumir sua bissexualidade e sofrer repressão, mas se ele confessasse para mim, acredito que também confessaria e seriamos muito felizes, mas isto nao é possivel por que ele jamais fará isto. Eu também nao confessei nada para ele, mas ele sente que tenho desejo ao sexo oposto, mas também nunca falou de mim para ninguem e nunca me reprimiu. Mas eu adoro ver uma mulher transando com homens que fazo papel de mulher.

        1. Ola Estrela,

          Olha, pelo que voce relatou, este seu namorado nao é bi, ele é hetero. Se ele sente prazer com voce, independente de como, ele é hetero, se o prazer dele fosse ser penetrado por um homem, dai sim, seria bi ou gay, dependendo dos desejos, ocultos ou não.
          [email protected]

      4. Ola Alessandra
        Vc é a PRIMEIRA pessoa que sente o mesmo prazer que eu sinto atualmente estou namorando um Bi e eu amo na hora do sexo ser homem para ele. Abrs

  3. …E se é bissexual, como isso funciona?

    Sinto prazer sexual por mulheres e homens, mas nunca senti nada afetivo por homens.

    E em que momento vocês se descobriram bissexuais?

    Desde adolescente (hoje tenho 31 anos) senti atração sexual por meninas e meninos. Descobri que sou bisexual quando não sabia responder com quais dos dois sexos eu sentia mais prazer.

    Quando estão com mulheres, existe uma vontade grande em estar com homens?

    Quando estou com uma mulher, só sinto vontade dela naquele momento.

    E quando estão com homens, qual é a sensação?

    Quando estou com homens sinto um forte atração* (se o cara tiver um tipo que me agrade é claro, tem homens que tenho repulsa), porém, em alguns casos, depois que terminamos, sinto um forte sentimento de culpa!

    Gostaria de conhecer mais homens nessa mesma situação que a minha!

    Por enquanto um e-mail alternativo que serve como msn também: [email protected]

    *Comentário editado por “Blog Sou Bi” por conter expressões que não condizem com o blog. Peço para que ninguém utilize expressões fortes, de cunho sexual ou de baixo calão (palavrões).

    1. Hey, talvez vc ainda não tenha encontrado um cara que tenha mexido com seu coração, por isos no momento ou até o momento só sente tesão fisico, mas isso pode mudar a partir do momento em q vc se apaixonar por um de verdade!! Ou talvez vc aidnan se aceite completamente esse seu lado de desejo homoafetivo, vai saber. Mas provavlemente vc sema bi realmente!!

    2. Sou bissexual assumido;toda a minha vida sexual sempre foi assim,desde o inicio. Nunca me apaixonei por um homem,sempre foi só sexo; já cheguei mesmo a ter aventuras duradouras com outros parceiros,porém, paixão mesmo só por mulher. Sou casado e minha esposa sente muito prazer quando invertemos os papeis.Não saberia dar uma definição sobre hétero e/ou homossexualismo,mas sei de uma coisa: adoro mulher, amo de corpo e alma estar com uma mulher -principalmente dar carinho e proporcionar prazer – quando estou com uma mulher sou todinho dela,faço tudo o que for preciso para satisfazê-la, mas,quando estou com um homem, tenho desejo de ter uma presença feminina entre nós,mesmo que seja somente nos assistindo… Gostaria muito de encontar alguém que passe por situações assim para podermos nos abrirmos em boas conversas… [email protected]

  4. Sou bissexual nao assumido, sou casado e tenho muita tesao pela minha mulher, de vez em quando pulo a cerca qd n da pra segurar mais. Acho errado minha vida mas tenho pavor de abrir o jogo. Admiro muito quem ja se livrou do armario…

    1. João, ainda bem que li o seu comentário, a dois dias o meu namorado me contou que sentia prazer com homem e que ja se envolveu com eles mas que desde que esta comigo ele nao ficou com ninguem e disse que nao queria me esconder nada e que tem medo de me perder.e que me ama e que nos somos felizes juntos, eu sempre fui uma pessoa isenta de preconceitos, e admiro a atitude e a coragem dele ter me contado isso.é sinal de respeito por mim.mas eu tenho que admitir que isso me causou medo.tenho medo de perde-lo . e vc que é casado e disse que ama sua esposa me de uma luz,eu ate falei com ele que poderia usar artigos de sex shop nao tenho problema nenhum com isso.quero satisfaze-lo tbem . por favor me ajude com a sua opinião.

      1. Oi jaqueline , desculpa mas me ralacionamento a 07 anos com uma pessoa e no começo achei que ela não se envolveria com mais ninguém seja ela hm ou m , pois é me enganei levei um soco na cara praticamente durante meses !!! E estou aqui tentando reconstruir minha relação !! E mais homens não sentem prazer com vc sendo homem , sim home de vdd que tem barba ,bigode é coisa e tal !! É difícil!!!

        1. The,
          Descobri que meu namorado busca homens na rede e troca msg e marcando encontros. Juro que qdo li tudo nem sei o que senti, jamais imaginaria ele falando daquele jeito. Já havíamos conversado sobre isso, pois não sei pq sempre desconfiei. Ele confessou que no passado tinha tido conversas mas que era só putaria e nada mais. Aí descubro que ele é passivo e que mente o tempo todo para mim. Não sei o que fazer. Agora ele diz que tá doente e quer se livrar disso, que me ama e bla bla bla. Mas esse homem sempre mentiu de tudo para mim, descobri tanta coisa escondida dele. Me sinto um lixo. O conheci depois de e separar de um narcisista, depois de sofrer todos os tipos de abuso e ele sempre do meu lado. Tentei terminar várias vezes por que estranhava o jeito dele no relacionamento, ele é um amigo perfeito , mas como companheiro sempre me sento um nada. Sou uma mulher bonita, fogoso, divertida mas ele acabou comigo, mais um vez estou destruída.

  5. Olá!
    Tenho um relacionamento bonito com o meu parceiro… sou mais velha que ele 10 anos e acho que isso tem sido uma grande ajuda na nossa abertura e cumplicidade.
    Estamos a viver juntos e antes de resolvermos juntar os trapinhos, namorámos, vivemos muitas situações e antes disso fomos amigos. Aliás, já o conheço há alguns anos.
    Confesso que sinto atracção por homens com um toque feminino, mas não efeminados.
    Existiam características nele.que eu não via noutros homens… e esse era uma factor que me fazia sentir aquela atracção muito forte… que felizmente se mantém até hoje.
    Bem… ao fim de algum tempo de vivermos juntos, e porque eu já desconfiava e porque tentava alongar os temas das conversas nesse sentido, ele lá me contou que já tinha estado com homens… pelo que sei, foram só relações de contacto físico e de curta duração e nada de ligações afectivas, a não ser com um, que era bem mais velho e com quem manteve durante algum tempo uma relação cibernética, antes de se conhecerem pessoalmente e que assim que se conheceram e estiveram juntos ele acabou por se desligar.
    Eu também já lhe tinha falado muito de minha vida intima e sexual e até já lhe tinha contado o facto de ter realizado uma fantasia minha ao ter estado com um casal…. o que aconteceu é que depois de ter realizado a minha fantasia percebi que estar com outra mulher não era nada que me desse prazer… e desisti de alargar os meus horizontes nesse campo. Por isso me assumo como hetero, apesar de também achar que há em todo o ser humano um lado bissexual.
    Depois disto…. já passámos por várias fazes, até a de tentar encontrar um parceiro para ter relações a 3 HHM…. Chegámos a conhecer alguém que nos convidou para ir lá a casa.. passámos uma noite em conversa e muito agradável, mas não aconteceu nada (falta de experiência) ;)!
    Fomos várias vezes a salas de chat e conversamos com algumas pessoas… mas nada nos pareceu atractivo.
    Depois disso comprámos em conjunto um strapon. que nem temos usado muito… mas as vezes que usámos até que nos deu prazer, algumas vezes mais do que outras…
    O meu companheiro no meio das conversas também me contou que quando esteve com homens o que mais lhe agradou foi o facto de lhes proporcionar prazer*.
    Na cama a nossa relação tem evoluído muito e hoje invertemos muitas vezes de posição, mesmo sem brinquedos…
    Somos muito unidos…. temos um relacionamento lindo e maravilhoso… mas claro, para mim tudo é muita novidade… eu teimei mais em estar com outra pessoa… até porque percebo esse desejo dele e sinto que esta é uma forma de sermos cada vez mais cúmplices… a verdade é que ele tem deixado de falar no assunto, nem me parece desejoso nesse sentido… e eu temo que seja por medo de que eu possa ver coisas que nunca vi.
    Ele já me disse numa conversa curta que me ama e como tal prefere manter as coisas como estão, que na realidade não sente necessidade em estar com mais ninguém… então porque foi ele o primeiro a querer procurar alguém extra à nossa relação? e como posso eu colmatar esse desejo numa pessoa do mesmo sexo… esse eu não posso satisfazer!
    A verdade é que sou crente que independentemente da orientação sexual de cada um, quando se está com alguém por amor e em grande paixão estar com outra pessoa, seja de que sexo for, não é de todo uma vontade… não existe mais ninguém com quem possamos sentir prazer, do que com a pessoa por quem sentimos amor e com quem queremos manter uma relação solida.
    Excita-me a ideia de o ver com outro homem ao mesmo tempo que me assusta…
    Acredito no nosso amor…
    Mas como todos os casais… sejam lá que tipo forem… tenho as minhas duvidas e senti vontade em partilhar a minha história 🙂

    *Comentário editado por conter palavras de cunho sexual

    1. Olá vivo um dilema , não consigo entender como ,exatamente o que disse, como pode amar uma pessoa, ter uma química sexual incrível e mesmo assim desejar estar com outras pessoas? Eu não vou conseguir satisfazer lo ,até msm pq não sou homem e os homens que ele buscava ou busca , não sei são bem másculos e nada afeminados. Ele busca sem passivo de forma explícita. Já fizemos inversão eu disse que queria satisfaze lo em todos os sentidos, mas a partir do momento que passei a praticar isso com ele, ele ficou obcecado em buscar homens em bate papo e trocar msg , fotos até dizer que queria um parceiro fixo no perfil do s.k.p. que acabei descobrindo. Pois ele nunca me contou que mantinha isso. Sempre tentei conversar, pois percebia algo de estranho. Passávamos 1 mês 2 meses sem transar ele falava que era pelo stress, foi ao medico , falava sobre libido baixa, aí descubro que ele se excita todos os dias de manhã qdo diz que precisa trabalhar. A primeira coisa que faz buscar parceiros e trocar msg nos últimos meses estava desesperado tentando marcar um encontro com qualquer um deles que topasse. Qdo descobri tudo disse que esta doente , que me ama, que não quer isso, diz que precisa da minha ajuda que tenho que confiar nele. Mas ele já me enganou diversas vezes, tanto com mulheres, casal, homens sites, perfil no insta, s k.p e-mails.
      Não sei o que fazer, me sinto um lixo .

  6. Meu namorado se declarou bi e eu não sei o que fazer! Ele diz que nunca transou com outros homens mas sente atração. Diz que hoje está comigo e só sente vontade de estar comigo e diz que o fato de sentir atração e achar até que pode transar com um homem não é um ponto de insegurança na vida dele.

    1. Olá vivo um dilema , não consigo entender como ,exatamente o que disse, como pode amar uma pessoa, ter uma química sexual incrível e mesmo assim desejar estar com outras pessoas? Eu não vou conseguir satisfazer lo ,até msm pq não sou homem e os homens que ele buscava ou busca , não sei são bem másculos e nada afeminados. Ele busca sem passivo de forma explícita. Já fizemos inversão eu disse que queria satisfaze lo em todos os sentidos, mas a partir do momento que passei a praticar isso com ele, ele ficou obcecado em buscar homens em bate papo e trocar msg , fotos até dizer que queria um parceiro fixo no perfil do s.k.p. que acabei descobrindo. Pois ele nunca me contou que mantinha isso. Sempre tentei conversar, pois percebia algo de estranho. Passávamos 1 mês 2 meses sem transar ele falava que era pelo stress, foi ao medico , falava sobre libido baixa, aí descubro que ele se excita todos os dias de manhã qdo diz que precisa trabalhar. A primeira coisa que faz buscar parceiros e trocar msg nos últimos meses estava desesperado tentando marcar um encontro com qualquer um deles que topasse. Qdo descobri tudo disse que esta doente , que me ama, que não quer isso, diz que precisa da minha ajuda que tenho que confiar nele. Mas ele já me enganou diversas vezes, tanto com mulheres, casal, homens sites, perfil no insta, s k.p e-mails.
      Não sei o que fazer, me sinto um lixo .

      1. Atualmente, há homens que definem o corpo para ter visibilidade com outros homens. Quando presencio mulheres com estes homens sei que DR/s existirão! E a busca de cisgenero por outro cisgenero é o homem querendo mesmo a virilidade que o outro puder ceder!!!

  7. Ola,
    meu nome e’ Fernando (ficticio) tenho 30 anos e eu sou bi.
    Namorei com muitas mulheres, mas um belo dia senti atracao por um amigo de um amigo, que era bi, e acabou rolando alguns encontros. Antes mesmo disso, eu ja curtia inversao de papeis com mulher, inclusive com acessórios…

    Encontrei minha namorada ano passado e atualmente moro no Canadá. Ela é canadense, tem 35 anos, e também e’ bi. Nos entendemos muito bem e temos o desejo de satisfazer um ao outro. Acho que pelo fato de ambos sermos bi, nos entendemos. Ainda nao saimos com outro homem ou outra mulher (e nos 2), mas de minha parte acredito que aceitaria perfeitamente tanto um como outro.

    O importante é vc estar satisfeito sexualmente, confortavel com voce mesmo. So pq uma pessoa eh bi, nao significa que ela valoriza o outro sexo mais do que o seu.

    Se alguem quiser trocar ideias a respeito, seja bi ou nao, meu email fernandousa (a) outlook.com.

  8. Cada um ao seu jeito. No meu caso: Me sinto hétero, não sinto atração por homens, mas desde novinho sempre gostei de sentir um homem fazer sexo oral em mim. Já saí com casais ( a minha fantasia preferida, mais preferida que duas mulheres ), pois o fato de eu ser dotado me ajuda a receber convites de casais. Dos casais com quem saí, o marido de três desses casais eram bissexuais ( e toparam somente fazer sexo oral em mim, pois eu não conseguiria manter a ereção se tentasse penetrá-los ). Não sei se gostar de receber sexo oral de outro homem, também sou considerado um bissexual.

    1. Pelos sexólogos, no alcance de ativo ou passivo, definem que quem recebe esteja em condição passiva! Logo, penso seres Bi, já que a atração é, também, pelo sexo oposto! O sexo oral, é bem mais frequente que a penetracao e, de fato é uma prática bem prazerosa. Como meu pênis é de tamanho “médio” já percebi amigos reparando esse detalhe e, sugerindo desde o 69 até penetra-lo ereto depois de lhe fazer oral!

  9. Oi Márcio, me identifiquei muito com seu relato. Me sinto exatamente na dúvida como você. Quero conhecer uma mulher que também goste de ser ativa na relação( uma mulher Bi), que talvez entendesse que embora não demonstre tenho um lado muito feminino. Quando adolescente tive algumas experiências com outros meninos sendo sempre passivo, embora sempre curtia fazer sexo oral.
    Fui casado e contei para ela uma vez sobre esses desejos achando que seria normal ela entender e ao contrário sempre mencionava quando estávamos na cama e de forma desconfiada que achava que eu era gay e se soubesse de algo terminaria o casamento. Bem o casamento terminou mesmo mas por outros motivos. Acho homens bonitos e as vezes me pego com tesão só em pensar em fazer sexo oral com eles. Me enquadro como bisexual?

  10. Meu namorado e eu conversamos sobre namorar com outra garota. É o sonho dele namorar duas mulheres e eu tenho um pouco de curiosidade, porém tenho receio, pois todas as mulheres que conheci trairam minha confiança… Não sei o que faço =(

  11. Olá. Tenho um namorado bi. Ele me contou antes de começarmos a namorar, que já tinha se relacionado com homens. Ele sente atração 90℅ a mulheres, não é afeminado, mas quando passa um super gato, nós dois olhamos! É divertido! Ele gosta de assuntos de moda e também me dá uns toques. Na cama é muito bom; sexo hardcore e em muitas posições! Ele pede para eu fazer coisas que excitam ele e tenho medo de que se eu usar algum objeto para comer ele, ele irá querer sempre… Ou irá querer sempre com homens, se eu aceitar… Ele disse que gosta do contato físico feminino, que não gosta de beijar homens, mas gostaria de ser comido…

  12. Ola! Namorei um rapaz e quando terminamos nos tornamos amigos, e após algumas brincadeiras, se confessou ser Bi. Ele insiste em voltar comigo, gosto de estar com ele, o sexo e muito bom, me sinto atraída, mas fico temerosa, com medo de me machucar nesse relacionamento. Sei que ele tem um grupo de amigos (travestis e homens com que já ficou), que tem ciumes de mim, não confesso que tenho duvidas se são somente amigos mesmo hoje.

    Estou muito confusa. Não sei se arrisco e vivo essa historia ou desisto dessa relação.

  13. Parabéns pelo blog, pela forma de escrita favorecer comentários tão sérios e não aquela coisa do facebook, com uns comentários bem ofensivos. As minhas primeira e terceira namoradas foram coisa muito curta, nem rolou sexo. A primeira por religião. A segunda era muito nova. Com a segunda, cheguei a jogar uns verdes que eu sentiria atração por homens, mas não com a proposta de inserir alguém na relação. Ela foi muito compreensiva, e embora seja hétera, admitiu já ter tido algo com mulher. Entre a terceira e a quarta namoradas, fiquei muito tempo com uma lésbica. O único homem que ela sentiu atração fui eu (sonho de muito homem hheheh). Além dela, namorei um rapaz. Terminei com ele porque sentia falta de me relacionar com mulheres (um pouco de pressão social sim). Acabei me relacionando com alguns homens meses depois, e superei o trauma, porque a experiência gay teve muitos pontos negativos. Depois namorei uma menina em relacionamento aberto. Eu fiquei com alguns rapazes (enquanto estive com ela, só rapazes, nenhuma outra mulher, porque não aconteceu). O primeiro foi um cara pouco atraente, me culpei. Contei pra ela, ela ficou tranquila. O segundo era uma paixão de longa data, era delicioso, mas não éramos compatíveis sexualmente (dois ativos). Durou muitos meses, mas acabei parando. Fiquei com mais alguns outros, mas sempre confirmava que eu gostava dela mesmo. Até que conheci o melhor amigo dela, e vivemos um intenso romance por 3 anos. Continuei com ambos por um semestre, até que uma mudança de cidade me afastou dela por um semestre, enquanto que acabei me aproximando dele (pelo hábito de ligar para mesma operadora, e a disponibilidade infalível dele). Rolou flashbacks com ela, mas depois parou. Ele passou a contar pras meninas que eu ficava que eu seria gay, que eu era dele, que eu a estava enganando, o que impediu muitas oportunidades. Terminamos recentemente, eu ainda sou apaixonado por ele, mas também não moramos mais na mesma cidade, e ele não se sujeita mais a tudo por mim. Ano passado comecei a participar de “pegações gay”, o que acompanhou um declínio no meu desejo por mulheres, o que não quer dizer zero desejo. Meu primeiro namorado sempre falou com muita convicção que a bissexualidade é fase, e eu fui muito orgulhoso de provar que isso não aconteceu comigo. Me assusta a ideia de deixar de ser bissexual, e passar a ser homossexual. Também me assusta a ideia de ser tão apaixonado por um homem há anos, a ponto de topar casar abertamente com ele. Fico imaginando o escândalo na minha família. Se bem que minha mãe está me visitando aqui na minha casa na cidade onde moro e tenho muito mais liberdade de falar desse assunto aqui, na MINHA CASA, bem como assuntos como maconha (que não uso, mas milito a favor da liberação e descriminalização) e aborto (que eu não gostaria de fazer, mas sou a favor de descriminalização e liberação). Uma coisa que me consola (meu machismo e homofobia) é que me descobri sentindo prazer em ser sado e ativo, coisa que eu não era quando tinha uma vida bissexual balanceada, em vez de majoritariamente homo (eu já era mais ativo, mas abria concessões com muito mais facilidade que hoje).

  14. Bem, sou homossexual. Contudo, envolvi-me com um cara casado, pai de 3 filhos e avô de um menino. Quando ele me conheceu, eu estava “montada”, pois sou crossdresser. Estava bem feminina. Nos envolvemos várias vezes, com beijos na boca e abraços. Porém, eu sempre fui passiva. Há poucos dias ele me viu com roupas de menino, mas não mudou. Disse que não se importava. E a pergunta é a seguinte: será que ele é bissexual ou heterossexual? Estou confuso! Alguém pode me ajudar.

  15. Tenho 35 anos, sou casado com uma mulher.

    Hoje em dia posso dizer que desde sempre fui bissexual. Diferente de algumas pessoas que se descobrem com o tempo, me lembro de desde uns 8 anos de idade olhando para meninos e meninas e achando todo mundo muito bonitinho. kkk!

    Mas nem tudo são flores, e durante minha infância inteira eu negava aquilo e pensava que era muito bizarro, porque era pecado, deus não gostava, etc. A coisa começou a pegar na adolescência. Eu comecei a sentir *MUITO* desejo por uns meninos que moravam no meu prédio. E tivemos experiências sexuais, infelizmente sempre com muita culpa e como se estivéssemos fazendo algo errado, tanto da minha parte quanto da deles. Hoje em dia percebo que eu fui apaixonado por um deles, mas era tanto preconceito e imaturidade que aquilo nunca se tornou um relacionamento de verdade.

    Eu namorei sempre com meninas, nunca tive oportunidade de ter alguma coisa séria com meninos porque antes eu pensava que gostava mais de meninas do que de meninos e que não teria vontade de ir além do sexo com um homem. A sociedade acaba tendo um grande peso nesse comportamento de negação que costumamos ter, parece que vai acontecer um apocalipse se alguém da sua família ou trabalho descobrir que você é bi.

    Ai fui vivendo até conhecer minha mulher. Acho que depois de um ano de namoro acabei contando para ela que eu era bi, me sentia muito mal deixando de falar sobre um aspecto tão importante a meu respeito para alguém por quem eu estava ficando tão apaixonado. Foi meio assustador para nós dois, ela disse que algumas vezes desconfiou porque tinha impressão que me via olhando pros gatinhos e tal. kkkk!

    Nós estamos juntos e até tivemos um filho. Depois de contar pra ela, percebi que dificilmente uma pessoa que gosta de mim iria deixar de gostar se eu falasse que era bi. Não cheguei a botar um anúncio no jornal, mas falei para vários amigos próximos e alguns membros da família sobre minha orientação. A maioria das pessoas ficou bastante surpresa por não desconfiar, mas acabaram aceitando. Cada um a seu tempo e a sua maneira…

    Uma coisa é certa, a partir do momento que você entra em um compromisso, sua vida passa a ser com aquela pessoa, independente de quem seja. Infelizmente acabei pulando a cerca umas poucas vezes, me arrependi todas as vezes e nunca contei pra ela. É foda ceder ao desejo, mas não existe justificativa pra isso, porque compromisso é compromisso. Alguém aí em cima comentou “ah mas eu tenho medo que ele me traia com um homem porque ele é bi.” Quer dizer que se ele for hétero e te trair com uma mulher tá tudo OK?

    Acho que em um determinado ponto da vida, uma pessoa que é de fato bissexual acaba gostando tanto de homens quanto mulheres na mesma proporção. Porque são sensações totalmente diferentes e a partir do momento que se apreciam essas diferenças, você quer ter aquele tipo de experiência que só um homem ou só uma mulher poderiam te dar em separado. Fora as diferenças corporais óbvias, as meninas tem aquela maciez, aquela sensibilidade e aquela coisa serena e suave que encanta tanto. Nós meninos as vezes somos fofos, mas geralmente somos um pouco mais ásperos ao toque, mais desencanados e enérgicos.

    Me dou muito bem na cama com a minha mulher, mas as vezes sinto falta de beijar e transar com um homem. Penso que se fosse hétero sentiria falta de beijar e transar com uma mulher diferente…

  16. Namoro a dois anos. Quando comecei a namorar meu namorado me disse ter um dia beijado um cara mas que não tinha gostado. Eu na hora percebi que não era só isso, mas não quis pressioná-lo, quis que ele se abrisse quando achasse certo.
    Com o passar do tempo nosso relacionamento sempre foi ótimo, um dos melhores sexos que já tive senão o melhor. Ele sempre foi muito ativo e percebia que sentia muito prazer em me dar prazer.
    Porém, eu venho de um passado meio pesado, tive um ex namorado que me forçava a algumas coisas e por isso carrego alguns traumas. Esses traumas me fazem travar as vezes, eu tenho tanto medo que o sexo vire ruim que eu não consigo parar de pensar nisso e travo. Mas com o meu atual NUNCA foi ruim, ele sempre teve muito carinho e isso me passava muita segurança, me apaixonei como nunca antes na vida, sou louca por ele.
    Porém, em maio viajamos juntos e passamos um mês colados, ele estava com um tesão absurdo e eu não estava numa época boa. Rolou algumas vezes mas eu não tive como esconder dele esses meus traumas e acabei conversando com ele sobre, ele compreendeu muito e achei que melhor não podia ficar.
    Mas ai voltamos, e desde então tudo mudou. Nossa vida sexual continuou a mesma, muito boa por um bom tempo. Mas eu comecei a surtar e me bateu uma insegurança muito grande. Eu sou bem sensitiva e não sei, parece que percebi que algo estava acontecendo. Ficamos um mês sem transar, eu perguntei o que estava acontecendo e ele disse que o trabalho tava pesado (ele tinha sido promovido e tava trabalhando muito). Eu sentia muita saudade dele, do corpo, do cheiro, do carinho, de tudo. Parece que perdi ele em algum momento.
    Acabamos transando e foi maravilhoso, achei que tudo tinha voltado ao normal, até que ficamos mais um mês sem transar. Nesses dois meses eu notei mudanças no comportamento dele, ele começou, ao meu ver, a ter uma forte inclinação ao bissexualismo. Eu sinceramente meio que sabia desde que ele me contou do beijo com outro homem, mas queria dar o tempo dele. Acabei não aguentando depois de tantos indicativos. A gente transou de novo, mas senti ele distante. Ele ficou mais andrógeno no jeito de vestir, comecei a notar olhares para outros caras e não aguentei, ontem coloquei ele na parece e pedi por favor para ele me dizer o que estava errado. Ele me contou que tem questionado a sexualidade dele. Que na noite do beijo, como eu já sabia, ele participou de uma orgia e foi o ativo com outro cara. Me contou que nunca foi passivo, mas que sente tesão tanto por mulheres como por homens. Até ai tudo bem, eu super toparia tentar eu assumir o papel, ou se ele me falasse que queria tentar com outro cara eu daria meu consentimento, pq eu amo ele mais do que tudo. Mas eu acho que ele não me ama mais, ele me disse que não sabe se o amor dele virou amor de amigo, e que ele não consegue mais ignorar os sentimentos dele.
    Eu falei que então estava acabado, se era isso que ele queria, mas ele disse que não, que ele não sabe o que quer e que quer um tempo para pensar, disse que me ama e me pediu pra não terminar com ele.
    Não sei o que fazer, eu sou hétero, mas eu sempre fui muito livre de preconceitos, se existisse amor, eu enfrentaria isso com ele. Mas tenho medo que ele tenha apenas medo de desapegar e que em algum momento vá se apaixonar por um homem. O que vocês acham? Ele é gay? ou bi? o que eu faço? nunca me senti tão perdida, nunca amei ngm tanto assim, estou arrasada.

  17. Olá, Ma. Entendo sua insegurança, mas acho que ela pode estar relacionada não necessariamente a uma tendência de seu namorado vir a se apaixonar por outro homem e acabar te abandonando, e sim a uma descoberta, da parte dele, de um aspecto ainda pouco explorado de sua sexualidade, que é a atração por homens. Há um post nesse blog baseado em um depoimento meu sobre isso. Em resumo, minha história é a seguinte: sou bissexual não assumido, tenho uma namorada que não sabe disso e já a traí com outros homens, mas não tenho a menor vontade de me envolver sentimentalmente com outro homem – meu desejo sempre foi apenas sexual, mesmo nas épocas em que estive solteiro e estaria mais aberto a um relacionamento com algum cara que me atraísse. Claro que fui muito criticado em meu depoimento por trair minha namorada, mas senti que fui muito mais criticado pelo fato de não querer um relacionamento com outro homem. Oras, perceba que muitos homens bissexuais contam o mesmo que eu: sentem apenas desejo sexual por outros homens, não querem nada afetivo com eles, deixando esse tipo de relacionamento (sexo+amor) para as mulheres. Lógico que muitos homens bissexuais estão abertos a um relacionamento com outro homem, mas são muitos que contam não ter esse tipo de vontade, restringindo seu lado homossexual ao sexo puramente. Parece que as pessoas não aceitam esse tipo de bissexual, mas ele existe e eu me relacionei com vários deles. Não, não são gays que ainda não se descobriram totalmente, são pessoas que simplesmente não têm vontade de relacionamento com outro homem. Talvez esse seja o caso de seu namorado. Tente abordar esse lado com ele. Eu, por exemplo, adoraria me relacionar com uma mulher que entendesse esse meu desejo exclusivamente sexual por outros caras sem prejudicar meu desejo e meu amor por ela, mas isso parece utópico (para mim) ou antiético (para a maioria das pessoas que leram o post baseado em meu depoimento). Espero ter lhe ajudado mostrando um lado da questão. Grande abraço!

  18. Olá Flávio, obrigada pelas palavras, me ajudaram sim.
    A realidade é que ele pediu esse tempo pra pensar, e eu estou pensando um milhão de coisas a mais. O que mais me dói, na verdade, seria ele ter se apaixonado por outra pessoa (no caso seria um homem) e ter deixado de me amar. O meu maior medo é esse, pq eu o amo demais mesmo.
    E você sabe como a cabeça da gente vai longe quando estamos nesse tipo de situação. Se fosse algo que nem você diz sentir, carnal, eu tentaria do fundo do meu coração aceitar e trabalhar com ele para que ele ficasse satisfeito sexualmente. Se é o tesão que ele sente, não vejo problema em tentarmos coisas novas, com outras pessoas. Mas o que me machuca é o medo de ele não me amar mais e amar outro.
    Como disse, eu tentei terminar, e ele pediu um tempo para lidar com isso, disse que me ama mas antes tinha dito que não sabia mais como era esse amor. Eu acabei perguntando se ele sempre se sentiu assim, se todo nosso relacionamento foi mentira, e ele disse que é recente. Perguntei se ele ainda sente tesão por mim e ele respondeu “o problema não está em você”. o que isso significa? eu sou mulher, consequentemente já pensei tudo o que podia pensar. Cada dia tem sido pior, pensar que nosso amor acabou me machuca muito mesmo. Por isso fico em dúvida se ele seria bissexual ou gay. Quando penso no homem que comecei a namorar não consigo imaginar que ele seja gay, pela nossa vida sexual e pelo jeito dele, mas ele mudou tanto nos últimos meses que não sei mais o q pensar.

  19. Olá, Ma! Desculpe, eu deveria ter colocado o link anteriormente. O post é esse aqui:

    http://blogsoubi.com/2015/05/o-homem-bissexual-que-so-quer-namorar-com-mulher/

    Destaco um trecho:
    “Nós, homens, costumamos enxergar a vida com muita objetividade e a sexualidade não escapa desse prisma. A maioria dos homens bissexuais que conheço e com quem me relacionei apresentam o mesmo comportamento. Gostam do sexo com outros homens como um prazer a mais na vida. Totalmente diferente e, por isso mesmo, sem condições de comparação, do prazer que obtêm com as mulheres, que é ótimo. Na nossa objetividade, dentro de um mundo ideal, não faria sentido abrir mão de um pelo outro”.

    Beijo!

    1. Cara, você é homofóbico. Ou você odeia os homens, ou então você sente uma culpa enorme de sentir atração por eles. Você precisa de um psicólogo, urgente.

  20. Pois é Flávio, terminamos.
    Se precisava abrir mão de algo, foi de mim.
    Tivemos uma conversa franca, na vdd, e eu entendo completamente esse momento, onde ele precisa se descobrir e conhecer tudo o que ele acha que deve. Mas a gente ainda se gosta tanto, foi tão difícil conseguir ir embora e tem sido muito difícil levantar da cama e encarar que essa saudade não será matada nunca mais.
    Fico muito grata em ter achado esse blog, acho que sem esses depoimentos eu não teria conseguido encarar a situação da maneira que eu encarei, que foi estando ali para ele com 100% do meu apoio. Mas infelizmente nosso amor não pode solucionar essa questão.
    Estou feliz por ele, mas sinto que perdi o amor da minha vida. =/
    Enfim, a vida segue. Obrigada a todos que se abriram aqui e me ajudaram a ser uma pessoa melhor.

  21. Sou homem homossexual, embora não afeminado. Namoro há pouco mais de um ano um cara que é bissexual. Isto mexe demais com minha cabeça, por insegurança minha. Ele deixa claro que é a mim que ele deseja apenas. A pessoa para namorar alguém bi tem de ser extremamente segura, e o relacionamento, gay, bi ou seja o que for, sempre tem de ter muita conversa.

  22. È a primeira vez que entro em um site desse, gostei muito. Eu sempre me considerei hetero, tive muitos namorados desde novinha. e o sexo pra mim sempre foi algo mto bom .Mas desde meus 15 anos q percebi sentir prazer qdo via filmes pornos com mulheres, e assim eu fiz a vida toda, me masturbava imaginando cenas com mulheres, ou assistindo esse filmes.Nunca me interessei pelo assunto da homossexualidade ou bi. Mas de dois anos pra cá mudou mta coisa em minha vida, tive um namorado que aos poucos foi me mostrando que ele gostava de realizar algumas fantasias(eu achava assim, rs) e com ele eu vi sem dizer nada, só no ato sexual mesmo, que existe outras formas de prazer, e ele gostava de fazer o papel feminino pra mim. Eu adorei isso, não tive preconceito e nem achei q ele fosse gay( aliás ele é muito galinha, e fica sempre com várias mulheres, foi a causa do fim do namoro), e era perfeito o sexo com ele, uma loucura. Eu sentia mto prazer satisfazendo ele, e tinha muita vontade de realizar a minha fantasia que era estar com ele e outra mulher, isso me excita muito. Eu tenho um tesão enorme quando vejo mulheres nuas em revista ou internet, mesmo não querendo aceitar isso, hoje eu sei, o que está se passando comigo, só pode ser isso, sou bi, tenho plena convicção que gosto de homens, gosto até demais, rsrsrsr, Não acho a menor graça quando vejo duas mulheres se beijando, não me atrai, até me dá um nojo( me desculpe quem goste),mas duas mulheres se tocam intimamente é muito excitante pra mim. Eu vejo que querendo aceitar ou não, eu gosto disso.

  23. Bem, estive procurando informações sobre homens bi e encontrei esse blog… Minha situação é a seguinte: ontem encontrei no telefone do meu namorado alguns vídeos dele ficando com travestis. Ele sendo passivo, inclusive. Minha primeira reação foi ficar em choque. Gosto muito dele e isso me machucou. Tinhamos um relacionamento muito bacana e não queria que acabasse assim. Mostrei pra ele tudo que tinha visto e ele começou a chorar e pedir perdão. Enfim, foi um drama enorme e muito desgastante. Estou sofrendo muito e não sei ainda o que fazer/dizer. Terminamos o namoro e fiquei encucada se ele é bi… Acho que existe a expressão t-lover para aqueles que sentem atração pelas travestis. Me perco em tantos rótulos existentes por aí. Tá difícil demais essa situação. Não quero ficar longe dele, mas essas imagens/vídeos foram uma mega pancada.

    1. Samara,

      Quero aproveitar o seu relato para tentar te dar algum alivio, tb falando um pouco por mim. É muito vergonhoso para um homem admitir para si mesmo que gosta de ficar com outro homem, ou com um travesti. Imagina então a vergonha que é contar para a própria namorada!!! Sou homem não afeminado e já sai com travestis, e com outros homens tb. e te digo que nem sempre foi bom. Sinto atração por mulheres, porque nada se compara a pele da mulher, o cheiro o cabelo, a beleza dela, é tudo muito forte para mim. Pra mim nenhum homem é mais bonito que uma mulher. Mas nem sempre que a química é boa tb com uma mulher, os dois precisam combinar fora da cama e na cama. O que eu quero dizer é que é difícil a gente se entender no meio de tanta pressão por ter que ser isso ou aquilo, e por tantos rótulos e tanto julgamento e condenação das pessoas. Quero dizer que: o seu namorado pode gostar de verdade de você, apesar de ter esses desejos por outro sexo tb. Eu entendo totalmente você que foi um baita choque descobrir assim, Mas, penso que se vc conseguir conversar com ele sobre o assunto vai ser muito bom pra vc se sentir mais aliviada, e pode ate ser uma oportunidade de tirar um peso dos ombros dele e do seu por poderem falar sobre isso numa boa. E penso que por falarem nisso voces podem ate estreitar mais o seu vinculo afetivo (se vc quiser ne). Acho que o mais importante é saber se ele gosta de você de verdade (falar com ele sobre isso) e assim tirar a má impressão. Se nessa conversa vc vê que não dá pra continuar, ai não tem nada que vc possa fazer, mas pelo menos você deu a chance de ser honesto com vc e só isso já vai te aliviar muito. Isso é o que eu acho, espero que vc fique bem!

  24. Samara,

    Quero aproveitar o seu relato para tentar te dar algum alivio, tb falando um pouco por mim. É muito vergonhoso para um homem admitir para si mesmo que gosta de ficar com outro homem, ou com um travesti. Imagina então a vergonha que é contar para a própria namorada!!! Sou homem não afeminado e já sai com travestis, e com outros homens tb. e te digo que nem sempre foi bom. Sinto atração por mulheres, porque nada se compara a pele da mulher, o cheiro o cabelo, a beleza dela, é tudo muito forte para mim. Pra mim nenhum homem é mais bonito que uma mulher. Mas nem sempre que a química é boa tb com uma mulher, os dois precisam combinar fora da cama e na cama. O que eu quero dizer é que é difícil a gente se entender no meio de tanta pressão por ter que ser isso ou aquilo, e por tantos rótulos e tanto julgamento e condenação das pessoas. Quero dizer que: o seu namorado pode gostar de verdade de você, apesar de ter esses desejos por outro sexo tb. Eu entendo totalmente você que foi um baita choque descobrir assim, Mas, penso que se vc conseguir conversar com ele sobre o assunto vai ser muito bom pra vc se sentir mais aliviada, e pode ate ser uma oportunidade de tirar um peso dos ombros dele e do seu por poderem falar sobre isso numa boa. E penso que por falarem nisso voces podem ate estreitar mais o seu vinculo afetivo (se vc quiser ne). Acho que o mais importante é saber se ele gosta de você de verdade (falar com ele sobre isso) e assim tirar a má impressão. Se nessa conversa vc vê que não dá pra continuar, ai não tem nada que vc possa fazer, mas pelo menos você deu a chance de ser honesto com vc e só isso já vai te aliviar muito. Isso é o que eu acho, espero que vc fique bem!

  25. Meu namorado é bi. Terminamos quando ele não conseguiu mais segurar pra ele, eu já desconfiava.
    Achei que ele tinha que ir se descobrir, pq ele não tinha experiências e tal, e ele foi.
    Ficamos meio ano separados, não sei o que ele fez nesse tempo, mas sei q ele saia pra balada com um colega de trabalho que acabou se apaixonando por ele. Quando voltamos eu pedi pra ele se distanciar pq não me sentia a vontade. Ele nunca ficou com o garoto, eu sei pq acabei virando amiga dele tb, eu sou bem aberta a ex e etc. Só pedi pra ele se afastar pq o menino tava sofrendo.
    Enfim, sempre fui confiante em nós.
    Ontem descobri que ele saiu escondido com esse menino e ficou com um amigo dele. Deu um beijo no garoto apenas.
    Quem me contou foi o próprio colega num acesso de ciumes pq ele gosta ainda do meu namorado. Minha reação foi bizarra, nem surpresa eu fiquei. Mas doeu.
    Eu apoiei toda a descoberta dele e ele me trai? Poxa, ele nunca vai achar alguém que nem eu, pq eu apoiei ele a se assumir quando todo mundo dizia que eu era louca. Mas nunca achei que ele fosse gay, a gente tem uma vida sexual ótima, ele só parecia confuso com esse outro lado mesmo.
    Agora ele tá aqui, dizendo que não significou nada, que ele nem sabe pq fez, que ele as vezes tem esse lado egoísta que faz as coisas sem pensar e depois de arrepende, que eu sou a mulher da vida dele e ele queria me contar mas sabia que eu ia terminar com ele e blá blá..
    Por um lado eu penso que é só um beijo. Mas não consigo parar de me sentir trouxa, afinal eu dei todo o apoio, aguentei mta coisa, inclusive esse piá xiliquento que veio me contar só de filha da puta mesmo.
    Nem sei o que faço. Eu sinto que ele gosta de mim, mas acho que ele ainda está mal resolvido com a bissexualidade dele. Mas pra mim é difícil deixar tudo o que a gt construiu, estamos a três anos juntos e estávamos em uma fase maravilhosa, foi um balde de água fria esse beijo.
    Eu fico pensando que eu devia fazer umas trocas com ele na cama, mas eu não me sinto a vontade com isso. E penso que se ele me ama mesmo ele precisa entender isso, fico nessa confusão sabe..
    Ele nunca tinha me traído, mas ele já tinha mentido sobre ficar em casa e sair escondido… Na vdd ele mente bastante, parece que tem medo de magoar as pessoas então tá sempre tentando não conflitar sabe..
    Homens bissexuais, ele é confuso ou apenas um canalha mesmo? Não sei o que pensar. Tenho vergonha de contar para minhas amigas pois sei o que elas vão falar. Não sei se consigo perdoar… enfim.

  26. Gente namoro com um cara 12 anos mais velho que eu e estou com ele a 5 anos e meio.
    Quando estávamos com dois anos de namoro ele me pediu para fazer um menage e eu topei pois na minha cabeça era “natural” esse desejo do homem.
    Há um mês atrás ele sugeriu que eu escolhesse um homem para sair e transar e disse que isso daria o maior tesão nele. No começo até achei interessante ter algo novo, mas ele simplesmente começou a caçar homens e tentar persuadílos a sair comigo. Não me senti bem e falei que não faria.
    Foi aí que para minha surpresa ele me sugeriu um menage com um travesti e mais uma vez não consegui satisfazer a vontade dele pois para mim era moderno demais e eu sentiria ciúmes .
    Bom diante dessa situação ele simplesmente me perguntou se com um outro homem eu não sentiria ciúmes , e eu disse que não. Ele chegou a marcar mas não tive coragem de ir por que a proposta dele era eu ir para ficar de espectadora e incentivadora enquanto ele fosse o passivo. Quando falei para ele que precisava dar um tempo de falar dessas coisas ele já logo saiu na defensiva dizendo que estava rotulando-o de gay e etc… E nosso relacionamento só voltou a funcionar quando voltei a ao menos escutá-lo falando sobre as fantasias dele.
    Ele me jura de pé junto que nunca saiu com um homem, mas agora todos os dias me manda vídeos gays dizendo o que ele gostaria de fazer. O conteúdo de todos os vídeos ele seria extremamente passivo, fora que ele fala abertamente o que quer que o cara faça com ele.
    Estou extremamente triste pois não vejo mais ele demonstrando tesao em filmes com mulheres. Fora que de um ano para cá ele só transa comigo de olho fechado e não faz a menor questão de tirar minha roupa. Seu eu não me despir por ele só faz questão de tirar minha calça.
    Haaa outro fator que me pega muito é ele dizer que agora tenho um trunfo para destruí-lo perante a sociedade. Que tipo de pessoa ele pensa que eu sou.
    Bom eu achei que fosse moderna, mas vi o quanto meu mundo é limitado.
    Nunca imaginei nada parecido. Sempre tive muitos amigos gays e lésbicas, mas estou com medo, tristeza e perdida com tudo que o meu namorado tem falado.
    Fora que comecei a desconfiar dele pelo fato dele morar sozinho em outra cidade. Me ajudem… Eu não tenho conseguido me sentir desejada e amada, ainda mais depois dessa revelação, mas o amo e queria ajudá-lo.
    Ele diz que minha presença é indispensável.
    Fico feliz por ele ter sido honesto e aberto mas não estou sabendo o que fazer com essas informações e não tenho aguentado todos os dias ele mandar vídeos gays e querer fantasiar o que ele quer que façam com ele.
    Também sofro pois comprei uma cinta e fiz a inversão e ele falou que por mais que tenha sido bom ele quer mesmo é experimentar ser a putinha de um homem, poder sentir o gosto do gozo e etc… Só que isso nunca conseguirei dar para ele.
    Se é a primeira vez dele provavelmente vai gostar… E depois como faço, terei que aceitar sempre ? Me ajudem… Não durmo a dias, estou sofrendo muito e não tenho com quem dividir! Alguém tem algum conselho?

  27. Estou arrasada, descobri que meu namorado sai com homens também é com travesti , eu sempre desconfiei pq já vi alguns contatos estranho no celular dele de gays e travesti e também os desejos estranhos dele na cama no começo ele sempre queria me sartifazer e tal mais aí depois no passar do tempo o sexo já não foi mais lá essas coisas pois ele não fazia nada p me sartifazer sempre ficava quero não me tocava não me beijava só eu apenas que cumpria os desejos deles eu gosto muito dele mais não consigo aceitar isso

  28. Vou contar o meu caso a vocês.
    Desde bem novo sempre tive essa atração pelos dois sexos e sempre considerei absolutamente normal gostar tanto de homem quanto de mulher.
    Na escola, eu sempre ficava com alguns meninos escondido ao mesmo tempo que estava junto da minha namorada. Eu gostava muito dela, mas essa atração por eles era algo muito difícil de controlar. O engraçado era que, como já amplamente relatado por aqui, por elas era muito mais do que uma simples atração física/sexual, era uma vontade de estar sempre junto, me fazia muito bem. Eu queria constituir uma família.
    Já com os garotos não passava de uma atração sexual, sem qualquer envolvimento sentimental.
    O tempo passou, e agora me encontro completamente apaixonado pelo meu namorado. Sou louco por ele. Mas ultimamente vivemos um dilema.
    Em uma dessas conversas paralelas, acabei revelando a ele ser bissexual. Ele ficou bem surpreso com a notícia e desde então vem mostrando muita insegurança em estar ao meu lado. Recentemente, comecei um curso muito importante para mim, mas para minha surpresa, minha ex namorada estava la também. Não sei como ele descobriu sobre ela, mas agora ele está completamente inseguro em eu estar na mesma turma dela e por diversas vezes me pediu para abandonar o curso. Tentei explicar a ele o quanto esse curso é importante para mim, mas ele não entende. Me disse que ele jamais conseguiria competir com uma mulher, uma vez que revelei meu desejo de ser pai a ele. Me disse que com uma mulher seria muito mais fácil de conseguir e que temia que eu o abandonasse. Tentei mais uma vez explicar que poderíamos adotar uma criança, mas não deu certo. Ele alega da burocracia em se adotar uma criança no país e que cedo ou tarde eu me cansaria de toda situação.
    Não nego que continuo sentindo atração por mulheres e certas coisas me fazem falta, mas isso não implica que eu o trairia ou mesmo viesse a abandoná-lo. Nunca sequer dei motivos para tanta insegurança.
    Éramos amigos e fui uma das primeiras pessoas que ele contou sobre ser gay. A princípio, fiquei surpreso jamais tinha desconfiado, mas sempre estive ao seu lado quando precisou. Até que um belo dia, me pediu para ficarmos e desde então estamos namorando.
    Ele é uma pessoa fantástica, de um caráter invejável e eu o amo muito. Tenho medo de perdê-lo. Poderiam me ajudar?

    Desculpa pelo texto enorme

    1. Acho pouco provável q sua situação mude, essa insegurança acontece da parte das mulheres tbm, o perigo é q essa insegurança acabe minando a relação de vcs, convenhamos q vc tb vacilou né ? Pq não contou q sua ex estava no mesmo curso ? Como, e por quem ele descobriu isso ?

      Eu, como homossexual e pelas experiências q eu já tive com bissexuais, tb não confiaria, se soubesse desde o principio q o cara fosse bissexual, mto provavelmente nem iniciaria uma relação, não pq acho q seria traído (isso pode acontecer com qualquer um), mas sim por ouvir de vários bissexuais q eles não conseguem ficar somente com um sexo, basicamente, é uma relação com prazo de validade, NESSES casos é claro.

      Eu acho q a ÚNICA forma é vc ser sincero e aberto com ele, não há mais o que fazer, espero q sua relação se firme, e caso não aconteça, seja claro na próxima vez, assim vc evita frustrações e não corre o risco de magoar alguém.

  29. Olá! Sou homem, me considero macho alfa, sou policial, 39 anos, e descobri desde os 28 anos minha bissexualidade, sentir desejo por outro homem, amo as mulheres e me dá muito tesão ter uma mulher na cama, mas sinto muito tesão também em ser penetrado! Acredito que pela próstata ser uma zona bem erógena, isso aconteça! Nao sinto vontade de beijar ou de namorar um homem, mas somente do sexo oral e ser passivo na hora do ato sexual! Minha maior vontade, ou seja, desejo, é ter uma mulher que me entenda e que tambem seja bissexual ou não! Mas que sita tesão em ter uma homemcomo eu! Deixarei meu zap para eventuais contatos, se isso por possível! Sou de São Luís MA, 98.987875720. Detalhe, não sou assumido bixessual, pricipalmente pelo preconceito da minha família e amigos de trabalho! Pois sempre me relacionei com mulher! Homem só por tesão do momento! Bjs e obg pela oportunidade!

  30. Olá, Me chamo Anderson, Moro no Estado do Rio de Janeiro, Tenho 34 anos, solteiro, sem filhos, Não fumo não bebo, bastante carinhoso e procuro mulheres bi para Amizade e para encontros casuais.
    Contato: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *